Notícias
Dicas para reduzir gastos na sua empresa
Notícias

Dicas para reduzir gastos na sua empresa

Administrar uma empresa inclui, entre outras responsabilidades, encontrar estratégias viáveis para reduzir gastos.

Frisamos que devem ser ‘viáveis’ porque de nada adianta propor ações para diminuir os custos da operação se elas comprometerem a qualidade das entregas. 

Por isso, antes de planejar qualquer alteração nos processos com a finalidade de reduzir gastos, avalie os impactos que essas mudanças podem gerar, mesmo que indiretamente, no produto ou serviço que você vende.

A partir dessa análise, você vai conseguir identificar onde é possível cortar despesas e ainda assim garantir a satisfação do seu cliente.

Contudo, quem está muito envolvido com a administração de um negócio, às vezes, não consegue visualizar possibilidades para redução de custos na operacionalização da empresa. 

Isso pode acontecer porque o gestor acredita que determinada mudança ou controle geraria uma economia seria tão pequena que não faria diferença no faturamento ou porque ignora o valor gasto no dia a dia com coisas desnecessárias ou com processos mal executados.

A fim de ajudar na identificação dos pontos que podem estar comprometendo os lucros das sua empresa, separamos alguns itens a serem observados quando há necessidade (ou interesse, ou ambos) de reduzir gastos. Confira!


Gestão de materiais


Dependendo do segmento ou do tamanho da empresa, a gestão de materiais pode ser feita com maior ou menor controle.

Diferentemente da matéria-prima necessária na indústria, por exemplo, os materiais de uso contínuo, como os utilizados nos setores administrativo e financeiro, são deixados de lado na hora de implantar ações para reduzir gastos.

De certa forma, o valor pago por esses materiais parece tão insignificante diante do que se paga por matéria-prima ou mão de obra, que esse custo é negligenciado nas planilhas de controle financeiro e orçamentário - ou incluído de forma genérica, como ‘material de expediente’ ou ‘materiais diversos’. 

A verdade é que, no fim das contas, ao longo de 12 meses, que geralmente é o prazo de um planejamento contábil, a soma dos valores gastos mensalmente pode surpreender. 

Para reduzir gastos a partir de uma gestão de materiais mais eficiente, inicialmente, é necessário saber quanto de cada material é consumido mensalmente. 

Nessa lista estão incluídos itens como canetas, clipes, papel, cartuchos para impressoras, cópias e impressões, entre outros. 

Identificando a quantidade necessária no mês, pode ser feita uma previsão de consumo anual e realizar a compra de uma só vez. 

Isso possibilita negociar preços com fornecedores, economizar com transporte (seja para ir até a loja comprar, seja no valor do frete) e, ainda, deixar claro para os colaboradores que aquele suprimento deverá ser suficiente por determinado período - no caso, um ano.

Apenas nesse processo de unificar a compra já é possível reduzir gastos significativos. E se paralelamente for feita uma campanha de conscientização da equipe, a economia pode ser ainda maior. 

 

Incluir a equipe na gestão de materiais

 

Empresas são feitas de pessoas. Não importa o segmento, não importa o tamanho. Sempre haverá pessoas desenvolvendo tarefas, vendendo produtos ou prestando serviços. 

Então, como pessoas são essenciais aos negócios, é importante que todos os envolvidos participem dos processos de mudança, sendo ouvido e, principalmente, convidados a contribuir com as propostas apresentadas com a finalidade de reduzir gastos.

Na gestão de materiais, a participação da equipe é fundamental para o sucesso da estratégia de economizar recursos.  Explique para sua equipe porque alguns processos estão mudando e como eles podem ajudar para garantir que o objetivo seja alcançado. 

Entre as sugestões, peça que analisem, por exemplo, a necessidade de imprimir um documento, seja para uso interno ou externo. E a avaliação nesse caso é simples: minha empresa ou meu cliente precisa de uma cópia física desse documento?

Se sim, imprima. Se não, cancele a impressão. Arquive uma cópia digital, se necessário, ou mande por e-mail ou por WhatsApp para o seu cliente. Essa análise breve vai evitar custos com papel, com impressora, com envio. E isso vai refletir no custo do seu produto ou serviço. 

A gestão de materiais envolve também produtos de higiene e limpeza, e a conscientização das pessoas é, mais uma vez, o caminho mais curto para reduzir gastos com isso.

Oriente quanto ao desperdício de papel higiênico ou papel toalha e sabonete líquido nos banheiros, detergentes e outros produtos utilizados na cozinha, e também de produtos utilizados para limpeza de espaços e mobílias.

 

Terceirização de serviços

 

Aqui, a economia de tempo pode ser maior que a de dinheiro. Mas, tempo é dinheiro. Então, ao terceirizar serviços, você está ganhando tempo para se dedicar ao foco da sua empresa. E, indiretamente, você vai reduzir gastos e, de bônus, ter mais horas no seu dia para trabalhar na sua atividade-fim.

E quais serviços podem ser terceirizados?

Telefonia, recepção, segurança, serviços gerais são os exemplos mais comuns de serviços que são terceirizados por empresas. 

A economia com essa estratégia vem de dois lados.


  • Ao contratar um serviço terceirizado, você não é responsável pela contratação do profissional que prestará serviço na sua empresa, logo, não terá despesas com salário e outros encargos trabalhistas. Os impostos que incidem sobre o salário de um funcionário quase se equiparam ao valor que ele recebe. Então, diminuindo os custos com o quadro de pessoal, é possível reduzir custos, mesmo que você tenha que pagar a uma empresa pelos serviços prestados.


  • Retomando a questão de que tempo é dinheiro, contratando prestadores de serviço você pula a etapa de seleção de pessoal, pois os profissionais que vão trabalhar na sua empresa já foram selecionados pela empresa que você contratou. Ainda, não vai precisar deixar duas pessoas na mesma função para que uma aprenda o trabalho da outra. O funcionário terceirizado já vem ‘treinado de fábrica’ e só vai precisar aprender a rotina da empresa.

 

Como reduzir gastos com a iluminação

 

A fatura de energia elétrica de empresas, em geral, normalmente representa um custo significativo. 

Diminuir o consumo de energia é uma excelente opção de reduzir gastos na sua empresa. 

Algumas estratégias para redução desse consumo já vêm desde o projeto das instalações, que devem incluir janelas amplas, para que seja aproveitada a luz natural e, também, permitam a ventilação do ambiente, diminuindo a utilização de lâmpadas e climatizadores.

Porém, nem sempre os projetos são pensados para gerar economia a longo prazo. Então, a solução é buscar alternativas que favoreçam a redução do consumo, sem deixar o ambiente inadequado para a realização das atividades a que se propõe.

 

Estudo luminotécnico

 

Um estudo luminotécnico analisa a necessidade de iluminação de um ambiente, conforme a finalidade a que se destina, indicando a disposição e os tipos das luminárias a serem utilizadas.

A adequação da iluminação de um ambiente pode ser feita mesmo depois que as instalações já estiverem sendo usadas. Ou seja, não é algo que precisa ser pensado na hora de construir o imóvel.

Se for, melhor. Caso contrário, basta contratar um profissional qualificado para fazer a avaliação e apresentar a proposta de melhoria, para então, reduzir gastos com a fatura de energia.

 

Luminárias de LED

 

A opção com melhor custo-benefício no mercado para diminuir o consumo de energia elétrica e melhorar a qualidade da iluminação de ambientes é a luminária de LED.

Essas luminárias são muito eficientes. Consumindo bem menos energia que as lâmpadas convencionais, entregam uma luminosidade maior e, ainda, são mais duráveis, o que significa menos trocas e manutenções, ou seja, economia. 

A Zagonel dispõe de luminárias LED para as mais diversas finalidades, desde ambientes comerciais até indústrias e áreas que demandam iluminação específica por conta das atividades que desenvolvem.

Além de reduzir gastos com a conta de energia elétrica, as luminárias LED da Zagonel são produtos de qualidade comprovada, desenvolvidos por especialistas altamente qualificados, com a garantia de uma empresa que está há mais de 30 anos no mercado.

Se você não está satisfeito com o valor da conta de energia, faça uma avaliação com um de nossos consultores. Eles vão indicar o tipo e a quantidade de luminárias para sua empresa e, ainda, vão apresentar, em números, quanto você vai economizar com a instalação das luminárias LED da Zagonel.

Para entrar em contato conosco, acesse nosso site ou chame nossos consultores no WhatsApp


Veja também:
Notícias
A iluminação profissional como item de conforto.
Ler mais
Notícias
Como a Zagonel te ajuda a economizar?
Ler mais
Eventos
Aprenda a diminuir os gastos desnecessários
Ler mais